Hoje nosso assunto, que infelizmente é muito comum atualmente é como se divorciar. Muitos casamentos acabam se desgastando e com isso a decisão do divórcio acaba sendo inevitável, quando esse ponto é sua única alternativa, qual o próximo passo? Saiba o que é necessário fazer nesse momento.

 

Quais atitudes tomar em primeiro lugar

Você irá precisar tomar algumas atitudes, se tratando da parte judicial e emocional, quando se envolvem um casamento com filhos, portanto esteja certa dessa decisão.

  1. Escolha um advogado e reúna toda documentação necessária para o processo. Os documentos de extrema importância são: certidão de casamento, certidão de nascimento dos filhos (se houver), cópias do RG e CPF de cada um e documentos dos bens móveis e imóveis;
  2. O divórcio pode ocorrer no cartório ou no Judiciário. No caso de divórcio consensual, o local correto para dar entrada é o cartório de qualquer localidade. Você poderá solicitar o divórcio em qualquer tabelionato de notas, independentemente de onde tenha realizado o seu casamento. Por outro lado, o divórcio litigioso (não consensual) acontece no Poder Judiciário, obrigatoriamente. Nesse caso, existem regras específicas do lugar onde o processo deve acontecer:

 

  • Divórcio com filho menor: se houver filho incapaz (menor de 16 anos), o divórcio acontece no local de domicílio de quem está com a guarda.

 

  • Divórcio sem filho: se não houver filho, o local correto para o processo de divórcio deve ser o último domicílio do casal.

 

  • Casal mudou de domicílio: se nenhuma das partes residirem no domicílio antigo, o divórcio deve acontecer no domicílio do réu.

 

  1. O divórcio amigável em cartório pode ser finalizado no mesmo dia. Já o litigioso (não consensual), a lei determina que não dure mais do que 3 meses.

Quais são os tipos de divórcio?

Existem dois tipos de divórcio:

  • Divórcio Litigioso: o divórcio litigioso envolve questões complexas que o casal não consegue resolver por si só. Quando houver dúvidas sobre partilha de bens, pensão e guarda de filhos, a separação deverá acontecer judicialmente. Nos casos de filhos menores de idade, o divórcio ocorre, necessariamente, no Judiciário.
  • Divórcio Amigável: quando as partes estiverem de acordo e não houver questões complexas envolvidas na separação, o divórcio será amigável. Sendo consensual, o divórcio poderá ser realizado em cartório, extrajudicialmente.

Esses são os passos que você irá precisar para se divorciar. Lembre-se bem de sempre ter uma boa conversa para não tomar decisões precipitadas. Espero que eu tenha ajudado vocês e até a próxima!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *